fbpx

A mulher e o Papanicolau: principais fatores influenciadores

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Resumo: O câncer do colo do útero ou o câncer cérvico-uterino (CCU) é o terceiro mais incidente na população feminina brasileira, excetuando pele não melanoma, o número de casos novos estimados para o ano de 2014 eram de 15.590, com um risco estimado de 15,3 casos a cada 100 mil mulheres. É diante desse cenário que este estudo objetivou verificar os principais fatores influenciadores das mulheres em relação ao exame Papanicolau, bem como o conhecimento sobre o exame se relaciona com esses fatores, utilizando-se para isso de revisão bibliográfica integrativa de artigos específicos. A revisão da literatura foi realizada no primeiro semestre de 2015 a partir de bases de dados SCIELO, PUBMED, MEDLINE, LILACS. O medo, a vergonha, a natalidade, a falta de tempo, a precarização dos serviços de saúde, a atuação do profissional de saúde e o conhecimento das mulheres sobre o exame de Papanicolau são os principais fatores influenciadores relatados. Os fatores identificados somam-se ou subtraem-se, agindo com uma intensidade diferente para cada mulher, motivando ou não a realização do exame, devido à qualidade humana de ser cada indivíduo um ser ímpar.

Palavras-chaves: Câncer do colo do útero; Exame de Papanicolau; Fatores influenciadores; Mulheres.

Autores: Thiago Aécio de Sousa e Vanessa Passos Brustein


Confira o artigo na íntegra em:


 

Confira a ultima edição da Newslab

Seções

Desenvolvido por Izy.Digital

Av. 9 de julho, 3229 – Sl. 412 – Jardim Paulista – São Paulo – SP | Telefone: (11) 3900-2390

Fechar Menu