fbpx

[Artigo Científico] Leucemia Linfoide Aguda: aspectos gerais e métodos diagnósticos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

LEUCEMIA LINFÓIDE AGUDA: ASPECTOS GERAIS E MÉTODOS DIAGNÓSTICOS (REVISÃO)

July Mayene Rebouças¹ , Luciana Nogueira Rebouças¹, Francisco Edson Ferreira Paz¹, Willer Malta De Sousa².

1Bacharéis em Biomedicina – Faculdade de Tecnologia Intensiva
2Professor de Hematologia – Faculdade de Tecnologia Intensiva
Foto: reprodução de http://www.ibcc.org.br/leucemia-linfoide-aguda-lla/

 

A leucemia linfocítica aguda (LLA) caracteriza-se pela produção maligna e exarcebada de células linfóides imaturas na medula óssea, causando sérias complicações clínicas como anemias, infecções e sangramentos nos pacientes afetados. O diagnóstico é feito através de técnicas citoquímicas e citogenéticas, que permitem a identificação e a classificação dos tipos de LLA com mais precisão. O tratamento varia de dois a três anos, porém, as taxas de sobrevida dos pacientes afetados tem tido grande aumento na última década. O objetivo desse estudo é enriquecer a literatura científica acerca da LLA em seus aspectos gerais e diagnóstico precoce. Para o presente trabalho, foi realizado um estudo bibliográfico exploratório, a partir de materiais encontrados nas bases de dados eletrônicas Scielo, LILACS, MEDLINE e Pubmed, publicados nos últimos 10 anos. Para seleção dos materiais de interesse, foram utilizados os descritores em português: Leucemias, Leucemia Linfocítica Aguda e Diagnóstico das leucemias agudas. A leucemia constitui o subtipo mais comum de câncer hematológico, sendo mais frequente em crianças de 2 a 5 anos de idade e idosos acima de 60 anos. Seus primeiros sinais na infância são dores músculo-esqueléticas nos membros inferiores e articulações e, devido à inespecificidade e retardo no aparecimento de suas alterações hematológicas, pode ocorrer atraso significativo no diagnóstico da doença, sendo necessário melhor acompanhamento dos pacientes com suspeita clínica da mesma. Contudo, conclui-se que, devido à sua rápida evolução, o constante estudo da LLA em seus aspectos gerais, tem sido de grande importância para o conhecimento e determinação do tipo de célula afetada, terapêutica a ser seguida e, prognóstico de cada paciente.

Palavras-chave: Leucemias. Leucemia Linfocítica Aguda. Diagnóstico das leucemias
agudas.

Para ler o artigo completo acesse a revista online: clique aqui

 

Confira a ultima edição da Newslab

UFMG abre inscrições para Simpósio do Programa de Pós-Graduação em Análises Clínicas e Toxicológicas

Estão abertas as inscrições para o I Simpósio do Programa de Pós-Graduação em Análises Clínicas e Toxicológicas – Inovação e Tecnologia, realizado pela Faculdade de Farmácia

Leia mais

CLOVER A1C da Bio Advance oferece maior qualidade e alta eficiência na dosagem de hemoglobina glicada

Dotado de tecnologia única o CLOVER A1C permite ao usuário eficiência e acurácia muito além de qualquer outro produto encontrado no Brasil. Sua base de

Leia mais

Empresas brasileiras participam de feira de laboratório e diagnóstico nos Estados Unidos

Pavilhão brasileiro na AACC integra o Brazilian Health Devices, projeto da ABIMO em parceria com a Apex-Brasil   A edição de 2019 da AACC – American

Leia mais

Shift, empresa brasileira de tecnologia da informação para medicina diagnóstica, irá expandir para o Paraguai

A Shift, empresa brasileira de Tecnologia da Informação para medicina diagnóstica, acaba de conquistar um novo cliente em mais um país: o Paraguai. Dessa forma, a empresa passa atuar

Leia mais
Seções
Fechar Menu