fbpx

Avaliação da relação Albumina/Creatinina urinária para detecção precoce de problemas renais em pacientes portadores de Diabetes Mellitus

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Resumo: O artigo tem como objetivo substituir o teste de excreção urinária de albumina/24h pela relação albumina/creatinina  (RAC) em amostra isolada de urina. Materiais e Métodos: Neste estudo foram analisadas amostras de urina de 24 horas e isolada de 94 pacientes (46 amostras controle e 48 amostras de diabéticos). A determinação da microalbumina, tanto na amostra de 24 horas quanto na isolada foi realizada por turbidimetria, a creatinina urinária foi dosada através da reação de Jaffé e o equipamento utilizado foi o Cobas Mira – Roche. A análise da regressão foi utilizada para avaliar a correlação entre os resultados obtidos, bem como a curva ROC. Os valores de referência considerados para este estudo foram normoalbuminúria (EUA  30 mg/24h e RAC  30 mg/g creatinina), microalbuminúria (EUA entre 30 e 300 mg/24h e RAC entre 30 e 300 mg/g creatinina) e macroalbuminúria (EUA > 300 mg/24h e RAC > 300 mg/g creatinina). Resultados: Os resultados mostraram que das amostras controle analisadas 12 apresentaram microalbuminúria em EUA e 11 amostras em RAC, entre os diabéticos 28 apresentaram microalbuminúria em EUA e 27 em RAC. Os testes apresentaram uma correlação de Pearson significativa (r = 0,903). O estudo demonstrou sensibilidade de 90,0%, especificidade de 98,1%, valor preditivo positivo de 97,2% e valor preditivo negativo de 92,9%. Conclusão: De acordo com os resultados, sugere-se a possibilidade de substituir a dosagem de microalbumina em urina de 24 horas pela relação albumina/creatinina em amostra isolada, porém estudos multicêntricos com um maior número de amostras devem ser realizados.

Palavras-chave: Microalbuminúria, diabetes, relação albumina/creatinina em amostra isolada, excreção urinária de albumina/24h.

Autores: Leila Vaz de Alcantara e Daniela Delwing de Lima.


Acesse o artigo na íntegra abaixo:

Confira a ultima edição da Newslab

Mestrado em sinalização celular na Unifesp com bolsa da FAPESP

Uma Bolsa de Mestrado da FAPESP está disponível no âmbito do projeto “Vias de sinalização de dano no DNA: mecanismos de regulação e integração com

Leia mais

Doutorado direto em metabolismo e bioenergética com bolsa da FAPESP

O Projeto Temático “Função e disfunção mitocondrial: implicações para o envelhecimento e doenças associadas”, coordenado pelo professor Aníbal Eugênio Vercesi, da Faculdade de Ciências Médicas da

Leia mais

Estudo mostra que tratamento para câncer colorretal metastático com mutação BRAF resulta em sobrevida global média de 15,3 meses

Os resultados foram anunciados pela Pierre Fabre e Array BioPharma e observados no safety lead in do estudo fase 3 BEACON com a combinação de encorafenibe, binimetinibe

Leia mais

As 7 principais dúvidas sobre a Meningite Meningocócica

A meningite meningocócica é uma doença infecciosa grave que pode matar. A doença esteve em pauta recentemente e isso fez com que houvesse um aumento

Leia mais
Seções
Fechar Menu