Hermes Pardini dá passo importante na ampliação do seu portfólio em genética e medicina de precisão

Alessandro Ferreira, Vice-Presidente Comercial e Marketing do Grupo Hermes Pardini, também comenta as perspectivas da empresa sobre o laboratório do futuro

Com a aquisição do DLE Genética Humana e Doenças Raras, pelo Grupo Hermes Pardini, houve um grande passo da empresa na área de Medicina de Precisão. Por esse motivo, foi ampliado o portfólio de exames e soluções oferecidas ao mercado, com a especialização em doenças raras, genética e genômica, triagem neonatal e investigação laboratorial sobre erros inatos de metabolismo.

Além disso, é possível afirmar que, a capacidade de Pesquisa e Desenvolvimento ficou, ainda mais fortalecida para o aperfeiçoamento das tecnologias já dominadas bem como para o desenvolvimento de novas, tais como a sequência de inovadores dispositivos e sistemas de coleta de amostras biológicas para melhor atender aos clientes no Brasil.

Por esse motivo, com a chegada do DLE, o Grupo Hermes Pardini adentra definitivamente no chamado “Futuro dos Laboratórios”, que vem a ser possível com a articulação da Medicina de Precisão, o Enterprise – maior plataforma de automação laboratorial do mundo – e a integração digital dos clientes lab-to-lab.

Para entender com mais detalhes como se dará essa nova fase da empresa, além das perspectivas para o “Laboratório do futuro”, conversamos com Alessandro Ferreira, Vice-Presidente Comercial e Marketing do Grupo Hermes Pardini. Com vasta experiência na área genética, nos dará também um panorama de como se dão os trabalhos nos laboratórios da Hermes Pardini. 


Como seria definida medicina de precisão para Hermes Pardini?

Hoje, não basta mais apenas realizar exames e apresentar resultados. A medicina personalizada consegue mapear tendências de desenvolvimento de patologias, bem como a sensibilidade a medicamentos, o que possibilita uma conduta médica individual, a partir do uso de drogas e medicamentos específicos. Um paciente com determinado tipo de câncer, por exemplo, responder a uma determinada droga que outro paciente, com a mesma doença, não irá responder.  O quadro clínico é semelhante, mas o tratamento preciso depende da interferência no mecanismo molecular de cada paciente.  Com isso, hoje, prever doenças, tratá-las, ou até mesmo evitá-las, está muito mais fácil. Nesse novo cenário ganham o paciente e o médico, que passa a ter no laboratório um fornecedor completo de informações do paciente, além de exames mais rápidos, precisos e seguros. Ou seja, o laboratório para a ser mais do que um fornecedor de resultados de exames. É um parceiro do médico em todo o processo, com um hub de informações clínicas estratégicas. É uma nova prática médica, uma mudança radical para todo o sistema de saúde: para o médico que passa a contar com uma parceria cada vez mais estreita com o laboratório e para os pacientes, destino de todas as novas tecnologias, que terão melhor qualidade de vida. É o que chamamos de “o futuro dos laboratórios”.

A medicina personalizada, além do tratamento adequado, possibilita um atendimento personalizado, mais ágil e eficaz. Tanto o médico quanto o paciente sentem-se mais acolhidos e seguros. O médico por ter disponível toda uma assessoria científica para suporte pré e pós-analíticos, e o paciente por ter à disposição um tratamento individual e uma maior chance de cura.

É nesse formato que o Hermes Pardini já vem atuando, levando acesso às novas tecnologias em saúde para todo o Brasil, por meio das suas unidades próprias e dos 5,7 mil laboratórios parceiros. Queremos estar entre os laboratórios de referência em Medicina Diagnóstica, mais rápidos e eficientes do Brasil. Por isso o Pardini está se transformando numa plataforma de geração de informações clínicas estratégicas para médicos e pacientes, em todo o território nacional.

Do que se trata a plataforma Enterprise?

O Enterprise é projeto próprio, considerado, segundo nossos fornecedores, a maior plataforma de automação laboratorial do mundo. Inédita no mercado, foi planejada pela equipe do Pardini e detalhada com a participação dos principais fornecedores de equipamentos do mundo, e que tem a Siemens Healthineers como principal fornecedora de soluções. O Hermes Pardini foi o primeiro no Brasil a implantar o conceito de automação laboratorial total, aumentando a segurança e a confiabilidade no processo em 2010. Esse sistema permite produzir em alta escala, com um custo menor, além de aumentar a segurança dos processos produtivos o que reflete em uma qualidade ainda maior dos resultados.

Com o Enterprise, essa estrutura será ampliada e o incremento no nível de automação permitirá ao Hermes Pardini processar 82% dos resultados de exames de análises clínicas no prazo de 6 horas, além de dobrar o volume da capacidade produtiva, com mais eficiência, segurança e precisão, em menos tempo e a um custo reduzido. Os parceiros ganham diretamente, pois oferecemos a eles condições de ofertarem os mais diversos exames, gerando eficiência de custo e reduzindo o tempo de entrega do resultado ao cliente final, além de qualidade e segurança.

Na foto o Nucleo Tecnico Operacional – NTO (Foto: Leo Lara/Arvore de Comunicacao)

 

Que tipo de exames e metodologias serão utilizadas nessa plataforma?

A nossa base permite a oferta de mais de 3,4 mil tipos de exames em um processo totalmente automatizado, de alta eficiência e produtividade. Outro fator importante é que o Enterprise permite o que chamamos de Apoio Digital, ou seja, maior digitalização dos canis de comunicação e atendimento a todos os clientes do lab-to-Lab. Por isso chamamos o Enterpise de Futuro dos Laboratórios: Mais rápido, mais amigável, mais digital.

Qual a capacidade de exames para o laboratório?

Hoje, o Hermes Pardini processa mais de 8,5 milhões de exames mensalmente e 90% da produção de exames são direcionados para o NTO em Vespasiano\MG. Vale lembrar que o Pardini é líder no segmento lab-to-Lab com a prestação de serviços laboratoriais para mais de 5,7 mil parceiros (laboratórios e hospitais) em mais de 1900 municípios. Todo o volume de exames dos parceiros é processado no nosso NTO. O Enterprise vai permitir mais que dobrar essa capacidade.

“Personalização do diagnóstico e a precisão do tratamento” seriam palavras de ordem para os laboratórios, bem como a medicina em um todo, para o futuro?

Sim. Hoje não basta mais apenas realizar exames e apresentar resultados. A medicina personalizada é mais que uma tendência: é uma realidade mundial.

Sobre genética, quais são as tendências e desafios, no que importa os esforços do Hermes Pardini, para o futuro?

A tecnologia aplicada à medicina tem revolucionado o diagnóstico e, consequentemente, a prevenção e tratamento de doenças, bem como prolongado a vida dos pacientes. O Pardini atua de forma que a sua área de PD&I contribua ativamente na oferta de exames mais especializados. Nos esforçamos sempre para oferecer testes de alto valor clínico e que sejam acessíveis a toda população. Isso é o que move o lab-to-Lab do Hermes Pardini: democratizar a tecnologia em saúde. 


 

Na foto, Alessandro Ferreira na Unidade NTO Vespasiano -(Foto Leo Lara/Árvore de Comunicação)

Alessandro Ferreira é doutorado em Genética Molecular pela Universidade Federal de Minas Gerais/UFMG; Mestrado em Genética pela Universidade Federal de Minas Gerais/UFMG. MBA Executivo pelo IBMEC/BH; Graduado em Farmácia e Bioquímica pela Universidade Federal de Minas Gerais/ UFMG. Conduziu as áreas de Desenvolvimento e Inovação, Produtos, Integração e Processos; Implantou a área de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) do Grupo Hermes Pardini. Atualmente é Vice-presidente Comercial e Marketing do Grupo.

Confira a ultima edição da Newslab

Seções
Fechar Menu