fbpx

SBPC/ML é acreditada pela ISQua

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Selo inclui o PALC, que tem sua Norma certificada desde 2015

A SBPC/ML acaba de receber a acreditação ISQua (The International Society for Quality in Health Care), a mais importante organização de âmbito mundial que promove a melhoria da qualidade e a segurança na prestação de serviços em saúde. O selo confere à SBPC/ML o título de entidade acreditadora em saúde reconhecida internacionalmente. A acreditação é válida até 2021.

O selo é extensivo ao Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos (PALC) porque a ISQua reconhece que ele atende aos requisitos da instituição. A Norma PALC é certificada pela ISQua desde 2015.

“A acreditação ISQua é um reconhecimento importante para a SBPC/ML pois atesta a qualidade dos processos da Sociedade em todos os seus aspectos, incluindo todas as etapas do PALC. Esta acreditação internacional é uma exigência da Agência Nacional de Saúde Suplementar para as entidades acreditadoras reconhecidas pelo Programa Qualiss, da ANS”, comemora o presidente da SBPC/ML, Alex Galoro.

Segundo ele, o reconhecimento internacional coloca a SBPC/ML e o PALC no mesmo patamar de outras entidades científicas e acreditadoras do mundo e atesta a preocupação com a organização corporativa, qualidade e isenção dos processos institucionais e de acreditação.

“Esse reconhecimento também evidencia o compromisso da SBPC/ML em se manter atualizada com as demandas de nosso segmento, sendo pioneira em oferecer produtos e serviços necessários para os laboratórios. Isto já aconteceu anteriormente com os Ensaios de Proficiência, o PALC e o Programa de Indicadores, e agora com a acreditação ISQua”, diz Galoro.

“A certificação da Norma PALC, obtida em 2015, já nos trouxe a oportunidade de verificar o quanto poderíamos oferecer de benefícios aos laboratórios. Novos requisitos foram incorporados à nossa Norma, que amadureceu e se tornou mais alinhada às necessidades modernas”, destaca o diretor de Acreditação e Qualidade, Wilson Shcolnik.

Ele explica que a certificação da SBPC/ML como entidade acreditadora reafirma o pioneirismo da Sociedade na área de medicina diagnóstica e estende esse patamar a todas as atividades existentes na SBPC/ML.

“Essa conquista contribuirá muito para a sustentabilidade da SBPC/ML e auxiliará no cumprimento de nossa missão, sem perder de vista o futuro desejado”, diz Shcolnik.

Preparativos

A acreditação da SBPC/ML foi confirmada na última reunião do Comitê de Acreditação da ISQua, em 30 de setembro, que atendeu à recomendação de seu Conselho de Acreditação, com base nos relatórios dos auditores, que estiveram na Sociedade entre os dias 13 e 17 de março.

Os preparativos para a acreditação da SBPC/ML receberam a consultoria de Fernando Berlitz, membro da Comissão de Acreditação de Laboratórios Clínicos (CALC) da SBPC/ML. Ele também foi consultor na certificação da Norma PALC.

“Meu trabalho foi identificar, junto à equipe da Sociedade, as práticas de gestão existentes na entidade e avaliá-las criticamente quanto ao alinhamento aos requisitos propostos pela ISQua. A partir desses estudos, estruturamos uma autovaliação formal, apoiada em evidências documentais também enviadas para avaliação da ISQua”, conta Berlitz.

O passo seguinte, segundo ele, foi preparar a equipe da SBPC/ML para receber a auditoria presencial da ISQua, por meio de reuniões e capacitações específicas. Depois, Berlitz atuou no processo de revisão e validação do relatório de auditoria junto à ISQua e na gestão do plano de ações da SBPC/ML frente às oportunidades de melhorias identificadas pelos auditores.


 

Confira a ultima edição da Newslab

Estudo identifica novas funções de molécula envolvida no melanoma

Novos testes em animais e em células de melanoma em cultura mostraram que uma molécula conhecida como RMEL3, presente na maioria dos casos desse tipo

Leia mais

Mestrado em sinalização celular na Unifesp com bolsa da FAPESP

Uma Bolsa de Mestrado da FAPESP está disponível no âmbito do projeto “Vias de sinalização de dano no DNA: mecanismos de regulação e integração com

Leia mais

Doutorado direto em metabolismo e bioenergética com bolsa da FAPESP

O Projeto Temático “Função e disfunção mitocondrial: implicações para o envelhecimento e doenças associadas”, coordenado pelo professor Aníbal Eugênio Vercesi, da Faculdade de Ciências Médicas da

Leia mais

Estudo mostra que tratamento para câncer colorretal metastático com mutação BRAF resulta em sobrevida global média de 15,3 meses

Os resultados foram anunciados pela Pierre Fabre e Array BioPharma e observados no safety lead in do estudo fase 3 BEACON com a combinação de encorafenibe, binimetinibe

Leia mais
Seções
Fechar Menu