fbpx

Crianças ganham salas humanizadas para exames de imagem

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Hospital Infantil Darcy Vargas agora conta com ambiente lúdico para realizar tomografias e ultrassonografias

Quem já precisou fazer exames de tomografia e ultrassom em filhos bebês ou crianças sabe a dificuldade para mantê-los calmos e entretidos sem afetar a qualidade do procedimento. Em muitos casos, quando o medo e a ansiedade da criança impossibilitam a condução do exame, é necessário recorrer aos sedativos, uma alternativa eficiente, mas nem sempre a mais agradável para pais e filhos.

Para tornar a realização dos exames mais acolhedora e divertida, a Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem (FIDI), gestora de sistemas de diagnóstico de imagem na rede pública de saúde, transformou as salas de tomografia e ultrassonografia do Hospital público Infantil Darcy Vargas, no Morumbi, Zona Sul da capital, em uma floresta cenográfica. Urso, girafa, macaco, elefante e outros bichinhos amistosos ambientam as paredes e o tomógrafo do hospital de forma lúdica e atraente para as crianças. Na sala de ultrassom foi criada uma temática noturna, com os adesivos impressos em tintas especiais fluorescentes, já que o espaço permanece com as luzes apagadas durante a realização dos exames.

“Quanto mais lúdico e cativante o ambiente, menos traumática será a realização dos exames para as crianças. Isso contribui para reduzir o tempo de procedimento, de exposição à radiação e, especialmente, do uso de sedativos”, afirma Dr. Luiz Tibana, superintendente médico da FIDI. Entre janeiro e junho deste ano, em média 10% das tomografias no Darcy Vargas foram realizadas com sedação.

Todo trabalho foi concebido em conjunto com as áreas técnica e psicossocial do hospital, que aprovou a arte levando em consideração os tipos de pacientes atendidos, em especial, aqueles com Síndrome de Down e autismo, para que o projeto seja bem aceito pelos principais beneficiados. “As instalações passarão por avaliação mensal com intuito de averiguar os resultados da ação de humanização, como a satisfação dos pacientes, clientes, equipes médicas e de enfermagem, a fim de obter indicadores da relevância e efetividade do projeto aos envolvidos”, complementa Tibana.

Para o diretor técnico do Hospital Infantil Darcy Vargas, Dr. Sergio Sarrubbo, o projeto é a realização de um sonho. “Ficamos muito alegres em poder oferecer um mundo mágico em que a criança vai se fazer presente. É um sonho realizado e permite a nós amenizar os momentos de tristeza, dor e sofrimento dos nossos pequenos pacientes”, explica Sarrubbo.

2. Sala de tomografia transformada em uma floresta cenográfica

Implementação da cenografia

As salas que ganharam ambientação e cenografia passaram por uma breve reforma para estarem adequadas ao processo de adesivação. A arte, desenvolvida pela equipe da FIDI, sob coordenação do designer gráfico Gabriel Golsman, foi impressa em material adesivo vinílico com tinta especial HP Látex. Esse é considerado um dos diferenciais, já que a tecnologia tem como característica principal não exalar odor e não conter solventes e metais pesados. A exigência faz parte do protocolo dos Estados Unidos para ambientes hospitalares e com crianças, que foi incorporada pela Fundação como critério de qualidade.

“É muito gratificante poder fazer parte de um projeto que vai contribuir para deslumbrar bebês e crianças e tornar a estada delas no hospital mais acolhedora e divertida”, comenta Gabriel Golsman. A manutenção e limpeza das salas exige somente uso de pano úmido, sem abrasivos ou alvejantes, para que o ambiente permaneça em perfeitas condições por bastante tempo.

Em novembro, o mesmo projeto será implementado nas salas de tomografia e ultrassonografia no Hospital estadual Infantil Cândido Fontoura, na Zona Leste da cidade.

1. Sala de tomografia transformada em uma floresta cenográfica


Floresta cenográfica nas salas de tomografia e ultrassonografia

Local: Hospital Infantil Darcy Vargas
Endereço: Dr. Seráfico de Assis Carvalho, 34 – Morumbi, São Paulo


 

Confira a ultima edição da Newslab

Estudo identifica novas funções de molécula envolvida no melanoma

Novos testes em animais e em células de melanoma em cultura mostraram que uma molécula conhecida como RMEL3, presente na maioria dos casos desse tipo

Leia mais

Mestrado em sinalização celular na Unifesp com bolsa da FAPESP

Uma Bolsa de Mestrado da FAPESP está disponível no âmbito do projeto “Vias de sinalização de dano no DNA: mecanismos de regulação e integração com

Leia mais

Doutorado direto em metabolismo e bioenergética com bolsa da FAPESP

O Projeto Temático “Função e disfunção mitocondrial: implicações para o envelhecimento e doenças associadas”, coordenado pelo professor Aníbal Eugênio Vercesi, da Faculdade de Ciências Médicas da

Leia mais

Estudo mostra que tratamento para câncer colorretal metastático com mutação BRAF resulta em sobrevida global média de 15,3 meses

Os resultados foram anunciados pela Pierre Fabre e Array BioPharma e observados no safety lead in do estudo fase 3 BEACON com a combinação de encorafenibe, binimetinibe

Leia mais
Seções
Fechar Menu