fbpx

Tratamento inovador da China para Alzheimer conclui a fase 3 dos testes clínicos

Green Valley planeja enviar a inscrição do tratamento à China National Drug Administration este ano

A Shanghai Green Valley Pharmaceutical Co., Ltd. (Green Valley) anunciou hoje que a fase 3 de seu estudo das cápsulas oligomannurarato de sódio (GV-971) para a doença de Alzheimer leve a moderada chegou ao seu desfecho (endpoint) primário.

Este teste clínico randomizado, duplo-cego e controlado por placebo da China visou avaliar a segurança e a eficácia do GV-971, uma droga oligossacarídica multialvo, em participantes do estudo com doença de Alzheimer leve a moderada (com o MEEM pontuando entre 11 e 26). No ramo do tratamento, os participantes tomaram o GV-971 em duas doses orais diárias de 450mg durante 36 semanas. O desfecho primário mostrou a mudança para melhor dos resultados da Escala de Avaliação da Doença de Alzheimer – subsescala cognitiva (ADAS-cog), após 36 semanas de tratamento com o GV-971, comparados aos do controle com placebo. Os dados demonstraram que o GV-971 significativamente melhorou a diminuição cognitiva. Da perspectiva de adventos adversos, o GV-971 demonstrou um perfil similar ao do placebo, com nenhuma alteração de imagem causada por amiloide (ARIA, em inglês) observada.

A doença de Alzheimer é um distúrbio neurodegenerativo caracterizado por uma perda progressiva da função cognitiva. De acordo com a Alzheimer’s Disease International, há aproximadamente 48 milhões de pacientes em todo o mundo com a doença de Alzheimer e, devido a um rápido crescimento da população envelhecendo, até 2050 este número deve chegar a 130 milhões.

No fim deste ano, a Green Valley planeja enviar à China National Drug Administration o pedido de autorização para comercialização do GV-971 – para tratamento da doença de Alzheimer leve a moderada.

Confira a ultima edição da Newslab

Seções
Fechar Menu