Samsung 5D FollicleTM contribui para técnicas de mapeamento da reserva ovariana

Tecnologia embarcada nos produtos das linhas HS e WS auxilia na detecção de casos de infertilidade feminina

Atenta ao bem-estar e saúde das mulheres, a Samsung disponibiliza nos produtos das famílias HS (40/50/60 e 70) e em sua plataforma premium WS 80 o versátil e avançado recurso 5D FollicleTM. A ferramenta, relacionada ao transdutor endovaginal volumétrico, é destinada à contagem semiautomática de folículos ovarianos da paciente, auxiliando nas técnicas de fertilização in vitro. Conhecida mundialmente como “bebê-proveta”, a FIV é uma técnica muito utilizada para o tratamento da infertilidade. Para a realização da FIV é preciso que o casal passe por algumas fases do tratamento.

A estimulação ovariana a base de medicamentos ocorre na primeira etapa do tratamento com o objetivo de obter um número maior de óvulos para aumentar as chances de fertilização e gravidez. Em seguida é utilizado o hormônio gonadotrofina coriônica humana (HCG) para desencadear a maturação dos óvulos, que são aspirados dos ovários e, então, identificados e selecionados para se unirem aos espermatozoides em uma cultura in vitro. Depois de formados, os embriões são colocados em uma estufa, cujas condições ambientais são similares às da tuba uterina, em geral por 120 a 144 horas. Neste momento, aqueles que apresentarem melhores índices de qualidade serão transferidos para o útero materno, já preparado para recebê-los ou serão criopreservados para a transferência ao útero da paciente em um ciclo posterior. Nessa fase entra a contagem e análise da reserva ovariana da paciente, sendo a contagem volumétrica mais assertiva que a contagem 2D convencional.

O mapeamento da reserva ovariana pode ser realizado por meio de três exames simples: dois são de sangue (o FSH e o hormônio antimülleriano) e um é de imagem. Por meio de um ultrassom transvaginal, o especialista avalia a quantidade de folículos daquele ciclo mensal (Contagem de Folículos Antrais – CFA). Menos de dez indica baixa reserva de óvulos, enquanto que mais de vinte é considerada uma alta reserva. A importância do mapeamento preciso no exame de imagem resulta no aumento das taxas de sucesso em procedimentos de FIV.

Como complemento, o ultrassom WS80A Elite da Samsung, especialmente projetado para atender as necessidades da saúde da mulher e detectar alterações nos órgãos do sistema reprodutor feminino, também possui a tecnologia CEUS+, que permite um exame efetivo de perviedade das tubas uterinas, bem como da morfologia do útero e endométrio. Problemas de infertilidade envolvendo as tubas (trompas) uterinas geralmente são causados por infecções genitais, como a Clamídia e Gonococo, mas podem também ser causadas por cirurgias, como, por exemplo, a laqueadura. A infertilidade é muito comum e estima-se que 15% dos casais apresentarão algum tipo de infertilidade durante sua vida reprodutiva.

“Nossa atenção para a saúde da mulher é constante. Com as tecnologias embarcadas nos nossos equipamentos ajudamos a comunidade médica a garantir a eficácia dos exames ginecológicos até o acompanhamento durante a gravidez. O 5D FollicleTM é mais um recurso avançado da Samsung que tem o objetivo de auxiliar os profissionais de saúde e pacientes a obterem um diagnóstico cada vez mais preciso, contribuindo para a indicação do melhor tratamento, sempre que necessário”, diz Nelson Ozassa, diretor da Divisão de HME da Samsung Brasil.

Para mais informações, acesse: www.samsunghealthcare.com

Confira a ultima edição da Newslab

Seções
Fechar Menu