fbpx

Paciente empoderado: Delboni oferece novo modelo de laudo, mais visual, que facilita leitura e entendimento

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Laboratório alterou apresentação dos resultados para viabilizar o engajamento do público no cuidado com a própria saúde

A tecnologia e a transformação digital vêm, cada vez mais, empoderando os pacientes e permitindo que participem do processo de gestão de sua própria saúde. Médicos e profissionais da saúde, neste cenário, ganham este paciente como um novo ‘ativo’, que, bem informado, se engaja crescentemente na preservação de sua saúde. Por isso, o Delboni Auriemo – laboratório da Dasa, líder brasileira em medicina diagnóstica – investiu em uma forma de tornar os laudos mais acessíveis, compreensíveis e visuais para levar, assim, informação qualificada para seus pacientes.

Após a avaliação da necessidade de revisão da forma de apresentação dos resultados de exames, com base em estudos internacionais, o Delboni executou uma pesquisa com cerca de 100 médicos para conhecerem a nova proposta de laudo: 95% o consideraram de fácil entendimento e 94% gostaram do novo layout. A mesma análise foi feita com 142 pacientes e 98% destacaram ser de mais fácil entendimento e 98% gostaram do novo layout.

Após uma fase em formato ‘piloto’ o novo modelo de laudos já está disponível em todas as retiradas de resultados online pelo site do Delboni.

 

O que muda e principais destaques

O novo modelo de laudo traz os índices em diferentes cores segundo os níveis esperados para o exame. Ou seja, quando o resultado está normal, o índice fica verde e se a taxa está alterada, passa para laranja, por exemplo. Além disso, a apresentação das páginas de resultado também sofreu mudanças, com todos os resultados do paciente exibidos de forma conjunta.

“Os laudos ilustrados, com mapa de calor, têm mais fácil entendimento pelos clientes do laboratório: médico e paciente. Isso facilita muito a vida do paciente que hoje está mais empoderado e gosta de ter conhecimento pleno sobre sua saúde e sobre os resultados de seus exames.” conta Gustavo Campana, diretor médico da Dasa que reúne laboratórios como o Delboni Auriemo. “O laboratório também enfatiza nos rodapés dos exames a necessidade da interpretação por um especialista e de consultas médicas periódicas para que o paciente não tire suas conclusões apenas com base nos valores de referência e não finalize por conta própria seus tratamentos”, completa.

“O Delboni possui um time totalmente focado na estruturação e melhoria periódica dos seus laudos e mais novidades já estão sendo desenvolvidas para 2019. Cada vez mais teremos os laudos dinâmicos e interativos, contribuindo para uma melhor assistência à saúde.”, finaliza Campana.

Confira a ultima edição da Newslab

Exame genético pode ajudar no diagnóstico das imunodeficiências primárias

O mês de abril ganha a cor amarela para destacar a necessidade de conscientização sobre as imunodeficiências primárias. Elas são doenças genéticas, que têm em

Leia mais

Vacinação contra malária irá iniciar para crianças em 3 países da África, anuncia OMS

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em comunicado divulgado hoje (23), terá inicio a implementação da primeira vacina contra a malária. Causada por protozoários

Leia mais

EUA registram 71 novos casos de sarampo e enfrentam novo surto da doença

O sarampo, doença infecciosa transmitida por vírus da família Paramyxoviridae e do gênero Morbillivirus, é uma doença altamente contagiosa que deixou muitos mortos ao longo da história. A vacina

Leia mais

Obesidade em foco na ciência: Unicamp cria primeiro laboratório de imunometabolismo do país

Recentemente, diante do fenômeno global de aumento da obesidade, surgiu a necessidade de integrar dois campos de conhecimento que poderiam parecer distintos: imunologia e metabolismo.

Leia mais
Seções
Fechar Menu