fbpx

Institutos Max Planck abrem novas vagas para doutorado e pós-doutorado

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Os Institutos Max Planck na Alemanha abriram vagas para cursos de doutorado e estágios de pós-doutorado, conforme convocatória anunciada para a América Latina. Os prazos para inscrição vão de 15 de fevereiro a 31 de março, conforme a instituição e o curso.

São 18 vagas nos grupos de pesquisa dos institutos e das Escolas Doutorais de Pesquisa Max Planck com demanda para incorporar pessoal para o desenvolvimento de projetos específicos.

As vagas estão disponíveis em unidades como os institutos Max Planck de Microbiologia Terrestre, Imunobiologia e Epigenética, Biologia de Envelhecimento, Física, Física Extraterrestre, Astronomia, Antropologia Social e Genética Molecular. As oportunidades abrangem áreas como Genética, Bioinformática, Biologia Molecular, Geologia, Engenharia Mecânica, Biotecnologia, Astrofísica, Linguística, Antropologia Social, entre outras.

As inscrições podem ser feitas nos sites indicados nos arquivos disponíveis na página da convocatória da Sociedade Max Planck.

Mais informações: www.latam.mpg.de/31128/Ofertas-laborales.

Confira a ultima edição da Newslab

Vacinação contra malária irá iniciar para crianças em 3 países da África, anuncia OMS

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em comunicado divulgado hoje (23), terá inicio a implementação da primeira vacina contra a malária. Causada por protozoários

Leia mais

EUA registram 71 novos casos de sarampo e enfrentam novo surto da doença

O sarampo, doença infecciosa transmitida por vírus da família Paramyxoviridae e do gênero Morbillivirus, é uma doença altamente contagiosa que deixou muitos mortos ao longo da história. A vacina

Leia mais

Obesidade em foco na ciência: Unicamp cria primeiro laboratório de imunometabolismo do país

Recentemente, diante do fenômeno global de aumento da obesidade, surgiu a necessidade de integrar dois campos de conhecimento que poderiam parecer distintos: imunologia e metabolismo.

Leia mais

Menina britânica que realizou cirurgia auditiva pioneira passa a ouvir e aprende a falar

Leia Armitage, uma menina britânica de 7 anos, nasceu com um tipo raro de surdez profunda. Uma cirurgia pioneira feita por médicos ingleses foi capaz

Leia mais
Seções
Fechar Menu