fbpx

Novo exame da NIMGenetics melhora o diagnóstico de leucemia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A NIMGenetics, companhia especializada em diagnósticos genéticos de última geração, desenvolveu um novo desenho de array genômico comparativo (array-CGH) que melhora em 20% o rendimento diagnóstico da leucemia linfoide crônica (LLC). A LLC é a leucemia mais frequente na população ocidental e acomete fundamentalmente a população com idade avançada.

A tecnologia de array-CGH já disponível no mercado detecta perdas e ganhos do DNA. O diferencial NIMGenetics é que esta tecnologia é intensificada com mais sondas em regiões de interesse clínico, como autismo, câncer de mama e ovário e, agora, a LLC, proporcionando um exame de alta resolução e com melhor poder de diagnóstico.

“A FISH, técnica padrão de diagnóstico da LLC, analisa apenas um grupo definido de alterações genéticas relacionadas à doença”, explica Luciana Rodrigues, diretora da NIMGenetics Brasil. “Já o array-CGH desenhado pela NIM estuda o genoma completo, caracterizando melhor os biomarcadores genéticos encontrados na LLC”, acrescenta.

Juan Cigudosa, Diretor Científico da NIMGenetics, comenta que esse novo exame, batizado de KaryoNIM Leukemia, inclui 3 inovações importantes que facilitarão muito o diagnóstico genético e também o prognóstico dos pacientes com LLC. Primeiro, ele detecta dois tipos de alterações genéticas (perdas e ganhos de DNA e também perda de heterozigosidade). Depois, está especialmente desenhado para detectar alterações em genes associados com resposta ao tratamento (como o gene TP53). E, por fim, detecta casos com cariótipo complexo (pacientes com mal prognóstico que não pode ser detectado com a técnica de FISH).

Focada em inovação, a NIMGenetics é a única empresa no Brasil a oferecer um array-CGH específico para LLC e câncer de mama e ovário.

 

Investimento

Em maio, a NIMGenetics recebeu um aporte inicial de ‎€ 7 milhões do fundo britânico de private equity Apposite Capital, especializado em saúde. Com esses recursos, a companhia ampliará ainda mais sua oferta de serviços, bem como reforçará sua presença internacional. Criada em 2008, a NIM tem sede em Madrid e, além da Europa, atua na América Latina. Em maio de 2016, passou a operar em São Paulo onde abriu sua primeira subsidiária com laboratório fora da Espanha.


Fonte: GWA – Comunicação


 

Confira a ultima edição da Newslab

Estudo mostra que tratamento para câncer colorretal metastático com mutação BRAF resulta em sobrevida global média de 15,3 meses

Os resultados foram anunciados pela Pierre Fabre e Array BioPharma e observados no safety lead in do estudo fase 3 BEACON com a combinação de encorafenibe, binimetinibe

Leia mais

As 7 principais dúvidas sobre a Meningite Meningocócica

A meningite meningocócica é uma doença infecciosa grave que pode matar. A doença esteve em pauta recentemente e isso fez com que houvesse um aumento

Leia mais

Alteração em célula de defesa torna obesos e diabéticos mais suscetíveis a infecções

Estudo da USP publicado na Scientific Reports mostra que os neutrófilos desses indivíduos são menos eficazes no reconhecimento de bactérias e morrem mais facilmente Indivíduos obesos e

Leia mais

Março Marinho: São Paulo representa um terço dos novos casos esperados de câncer colorretal no país

Com 4 mil novos casos por ano, apenas na capital, São Paulo é o Estado que registra a maior prevalência de câncer colorretal (intestino grosso

Leia mais
Seções
Fechar Menu