fbpx

Juntos Freelite® e Hevylite® melhoram o diagnóstico e monitoramento de Mieloma Múltiplo e outras gamopatias

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O Freelite, teste utilizado para quantificação das cadeias kappa-lambda leves livres, já considerado como biomarcador e recomendado pelas diretrizes nacionais e internacionais, fornece resultados mais precisos quando comparado com métodos laboratoriais tradicionais para diagnóstico e monitoramento de Gamopatias Monoclonais.

O Hevylite, tem como objetivo quantificar as cadeias leve/pesadas (IgGk/IgGλ, IgAk/IgAλ e IgMK/IgMλ), auxiliando no monitoramento dos pacientes. O Hevylite tem importancia ainda maior nos casos onde temos a eletroforeses de proteínas de difícil interpretação ou que seja inconclusiva.

Freelite e Hevylite são biomarcadores independentes, mas quando utilizados em conjunto, otimizam o tratamento dos pacientes.

Figura 1. Utilização do Freelite e Hevylite para diagnóstico, monitoramento e detecção/avaliação da Doença Residual Mínima de pacientes com Gamopatias Monoclonais
Figura 1. Utilização do Freelite e Hevylite para diagnóstico, monitoramento e detecção/avaliação da Doença Residual Mínima de pacientes com Gamopatias Monoclonais

2Para saber onde o teste é realizado e também as últimas atualizações científicas, acesse: www.freelite.com.br .

Para outras solicitações, contate através do endereço [email protected].


 

Confira a ultima edição da Newslab

Estudo mostra que tratamento para câncer colorretal metastático com mutação BRAF resulta em sobrevida global média de 15,3 meses

Os resultados foram anunciados pela Pierre Fabre e Array BioPharma e observados no safety lead in do estudo fase 3 BEACON com a combinação de encorafenibe, binimetinibe

Leia mais

As 7 principais dúvidas sobre a Meningite Meningocócica

A meningite meningocócica é uma doença infecciosa grave que pode matar. A doença esteve em pauta recentemente e isso fez com que houvesse um aumento

Leia mais

Alteração em célula de defesa torna obesos e diabéticos mais suscetíveis a infecções

Estudo da USP publicado na Scientific Reports mostra que os neutrófilos desses indivíduos são menos eficazes no reconhecimento de bactérias e morrem mais facilmente Indivíduos obesos e

Leia mais

Março Marinho: São Paulo representa um terço dos novos casos esperados de câncer colorretal no país

Com 4 mil novos casos por ano, apenas na capital, São Paulo é o Estado que registra a maior prevalência de câncer colorretal (intestino grosso

Leia mais
Seções
Fechar Menu