fbpx

Fórum debate o futuro da Patologia Clínica

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Evento acontece em São Paulo, 2 e 3 de junho

Nos dias 2 e 3 de junho (sexta e sábado) acontece em São Paulo o Fórum “O Futuro da Patologia Clínica”, quando serão apresentados e debatidos temas relacionados às expectativas da especialidade médica Patologia Clínica/Medicina Laboratorial e também à situação atual. O local é o Hotel InterContinental (Alameda Santos, 1123, Jardim Paulista, São Paulo – SP).

As inscrições estão encerradas, mas devido à importância do tema para a Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, a SBPC/ML fará a cobertura do evento através de suas redes sociais (facebook.com/SBPCML e twitter.com/sbpcml).

Entre os palestrantes convidados estão médicos patologistas clínicos de instituições públicas e privadas, laboratórios, universidades, representantes de entidades de classe e do governo.

“O Fórum é um evento muito importante para a discussão das novas atribuições do Patologista Clínico, sua inserção no mercado de trabalho e na equipe de assistência à saúde, além da necessidade de revisar o modelo de ensino da especialidade na graduação em Medicina e na Residência Médica”, diz o presidente da SBPC/ML, Alex Galoro.

As atividades previstas estão divididas em módulos. Em cada um haverá um coordenador que mediará os debates entre os outros palestrantes e com a participação da plateia.

Entre os temas abordados estão a formação e atuação do patologista clínico no mercado de trabalho — em laboratórios públicos, privados e hospitalares e na indústria —, a presença da especialidade na graduação em medicina, na residência médica e na pós-graduação, intercâmbio e cooperação nacional e internacional, pesquisa em patologia clínica, a visão da equipe de saúde e do governo sobre a especialidade e atuação em patologia clínica.


Programação
Dia 2 de junho – Sexta-feira
8h às 8h20 – Café de boas-vindas

8h20 às 8h30 – Abertura
Alex Galoro (SBPC/ML)

8h30 às 9h30 – A formação e atuação do Patologista Clínico no mercado de trabalho
Graham Beastall (IFCC)

9h30 às 11h – Patologia Clínica na graduação em medicina
Coordenador: Leonardo Vasconcellos(UFMG)
Debatedores: Maria Mirtes Sales (FMUSP), Fernanda Orsi (UNICAMP), Silvana Maria Elói (UFMG), Eduardo Emery (SBPC/ML), Sigisfredo Brenelli (ABEM)

11h às 11h30 – Intervalo (coffee-break)

11h30 às 13h – Patologia Clínica na Residência Médica
Coordenador: Carlos Eduardo Ferreira (SBPC/ML)
Debatedores: Leila Antonângelo (FMUSP), Aparecida de Cássia Carvalho (Sta. Casa de SP), Leonardo Vasconcellos (UFMG), Kleber Fertrin (UNICAMP)

13h às 14h30 – Almoço

14h30 às 16h30 – Pós-graduação, intercâmbio e cooperação nacional e internacional e pesquisa em Patologia Clínica
Coordenador: Nairo Sumita (SBPC/ML)
Debatedores: Alberto Duarte (FMUSP), Carlos Aita (UFPR), Paula Bottini (UNICAMP), Adagmar Andriolo (UNIFESP), Cristóvão Mangueira (Hospital Albert Einstein)

16h30 às 17h – Intervalo (coffee-break)

17h às 18h30 – A visão do Governo sobre a especialidade e atuação em Patologia Clínica
Coordenador: Wilson Shcolnik (SBPC/ML)
Debatedores: Karla Coelho (ANS), Francisco Figueiredo (Min.da Saúde), Wilson Pollara (Secretaria de Saúde SP), Luiz Antonio Teixeira Jr (Secretaria de Saúde RJ)

19h às 20h30 – Coquetel de encerramento do primeiro dia


Dia 3 de junho – Sábado
8h às 8h30 – Café de boas-vindas

8h30 às 9h30 – A visão da equipe de saúde sobre a atuação do Patologista Clínico
Graham Beastall (IFCC)

9h30 às 11h – O que esperar do Patologista Clínico na assistência à saúde
Coordenador: Cláudia Meira (SBPC/ML)
Debatedores: Florentino Cardoso (AMB), Carlos Vital (CFM), Gonzalo Vecina Neto (Hospital Sírio-Libanês), Claudia Cohn (ABRAMED), Sigisfredo Brenelli (ABEM)

11h às 11h30 – Intervalo (coffee-break)

11h30 às 13h – A atuação do Patologista Clínico no mercado de trabalho (laboratórios públicos, privados, hospitalares e na indústria)
Coordenador: Gustavo Campana (SBPC/ML)
Debatedores: Alberto Duarte (FMUSP), Edgar Rizzati (Fleury), Guilherme Collares (Hermes Pardini), Eliane Lustosa (Labtest), Cristóvão Mangueira (Hospital Albert Einstein)

13h às 13h15 – Encerramento
Alex Galoro (SBPC/ML)

13h15 às 14h – Almoço


Mais informações:

E-mail: [email protected]

Tel.: (21) 3077-1409 (Daniela Queiroz)


Fonte: SBPC/ML


 

Confira a ultima edição da Newslab

Estudo mostra que tratamento para câncer colorretal metastático com mutação BRAF resulta em sobrevida global média de 15,3 meses

Os resultados foram anunciados pela Pierre Fabre e Array BioPharma e observados no safety lead in do estudo fase 3 BEACON com a combinação de encorafenibe, binimetinibe

Leia mais

As 7 principais dúvidas sobre a Meningite Meningocócica

A meningite meningocócica é uma doença infecciosa grave que pode matar. A doença esteve em pauta recentemente e isso fez com que houvesse um aumento

Leia mais

Alteração em célula de defesa torna obesos e diabéticos mais suscetíveis a infecções

Estudo da USP publicado na Scientific Reports mostra que os neutrófilos desses indivíduos são menos eficazes no reconhecimento de bactérias e morrem mais facilmente Indivíduos obesos e

Leia mais

Março Marinho: São Paulo representa um terço dos novos casos esperados de câncer colorretal no país

Com 4 mil novos casos por ano, apenas na capital, São Paulo é o Estado que registra a maior prevalência de câncer colorretal (intestino grosso

Leia mais
Seções
Fechar Menu