fbpx

Curso: O diagnóstico do diagnóstico

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A precisão do resultado do exame de PET-CT depende do diagnóstico preciso do funcionamento do equipamento

Atualmente, o PET-CT (tomografia computadorizada por emissão de pósitrons) com FDG (glicose marcada com flúor-18) é considerado o padrão-ouro em diagnóstico e acompanhamento para pacientes oncológicos por conseguir reunir em um único exame os recursos da medicina nuclear e da radiologia.

Por meio desse exame é possível detectar, por exemplo, se um indivíduo está ou não reagindo ao tratamento. “É um exame que avalia a fisiologia – e não a anatomia – do tumor. Por isso ele é tão efetivo, mesmo em estágios iniciais da lesão. Entretanto, se o equipamento não estiver corretamente calibrado as imagens adquiridas são afetadas podendo comprometer o diagnóstico do cliente”, alerta Cristiano Duarte, físico-médico especializado em Medicina Nuclear da BP Medicina Diagnóstica.

Ele explica que para que o radiologista ou o médico nuclear consigam identificar corretamente o que representa cada imagem gerada pelo PET-CT é necessário que o equipamento esteja com fatores como a sensibilidade, resolução e as medidas de captação corretas. Para isso, a máquina tem de estar aferida por um especialista capacitado e habilitado.

“Existem muitos cursos de capacitação em laudos de exames, mas poucos voltados a capacitar os profissionais a realizarem o diagnóstico correto dos equipamentos de PET-CT”, salienta Cristiano, que é um dos coordenadores do 1º Curso Intensivo em Aceitação e Controle de Qualidade em PET-CT organizado pela BP Educação e Pesquisa, unidade de ensino e pesquisa da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

O curso teórico-prático é voltado para profissionais do setor de saúde que atuam na área de Medicina nuclear, especialmente físicos-médicos, e conta com o aval Associação Brasileira de Física Médica (ABFM) e da Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear e da Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear (SBMN).


Serviço

1º Curso Intensivo em Aceitação e Controle de Qualidade em PET-CT (De acordo com regulamentações CNEN e Anvisa)

Datas e horários:

23/9 (sábado), das 7h30 às 18h

24/9 (domingo), das 8h às 15h

Local: Hospital BP (Rua Maestro Cardim, 769 – Bela Vista)


Programação completa e inscrição, acesse: 1º Curso Intensivo em Aceitação e Controle de Qualidade em PET-CT


Confira a ultima edição da Newslab

UFMG abre inscrições para Simpósio do Programa de Pós-Graduação em Análises Clínicas e Toxicológicas

Estão abertas as inscrições para o I Simpósio do Programa de Pós-Graduação em Análises Clínicas e Toxicológicas – Inovação e Tecnologia, realizado pela Faculdade de Farmácia

Leia mais

CLOVER A1C da Bio Advance oferece maior qualidade e alta eficiência na dosagem de hemoglobina glicada

Dotado de tecnologia única o CLOVER A1C permite ao usuário eficiência e acurácia muito além de qualquer outro produto encontrado no Brasil. Sua base de

Leia mais

Empresas brasileiras participam de feira de laboratório e diagnóstico nos Estados Unidos

Pavilhão brasileiro na AACC integra o Brazilian Health Devices, projeto da ABIMO em parceria com a Apex-Brasil   A edição de 2019 da AACC – American

Leia mais

Shift, empresa brasileira de tecnologia da informação para medicina diagnóstica, irá expandir para o Paraguai

A Shift, empresa brasileira de Tecnologia da Informação para medicina diagnóstica, acaba de conquistar um novo cliente em mais um país: o Paraguai. Dessa forma, a empresa passa atuar

Leia mais
Seções
Fechar Menu