fbpx

Curso: O diagnóstico do diagnóstico

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A precisão do resultado do exame de PET-CT depende do diagnóstico preciso do funcionamento do equipamento

Atualmente, o PET-CT (tomografia computadorizada por emissão de pósitrons) com FDG (glicose marcada com flúor-18) é considerado o padrão-ouro em diagnóstico e acompanhamento para pacientes oncológicos por conseguir reunir em um único exame os recursos da medicina nuclear e da radiologia.

Por meio desse exame é possível detectar, por exemplo, se um indivíduo está ou não reagindo ao tratamento. “É um exame que avalia a fisiologia – e não a anatomia – do tumor. Por isso ele é tão efetivo, mesmo em estágios iniciais da lesão. Entretanto, se o equipamento não estiver corretamente calibrado as imagens adquiridas são afetadas podendo comprometer o diagnóstico do cliente”, alerta Cristiano Duarte, físico-médico especializado em Medicina Nuclear da BP Medicina Diagnóstica.

Ele explica que para que o radiologista ou o médico nuclear consigam identificar corretamente o que representa cada imagem gerada pelo PET-CT é necessário que o equipamento esteja com fatores como a sensibilidade, resolução e as medidas de captação corretas. Para isso, a máquina tem de estar aferida por um especialista capacitado e habilitado.

“Existem muitos cursos de capacitação em laudos de exames, mas poucos voltados a capacitar os profissionais a realizarem o diagnóstico correto dos equipamentos de PET-CT”, salienta Cristiano, que é um dos coordenadores do 1º Curso Intensivo em Aceitação e Controle de Qualidade em PET-CT organizado pela BP Educação e Pesquisa, unidade de ensino e pesquisa da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

O curso teórico-prático é voltado para profissionais do setor de saúde que atuam na área de Medicina nuclear, especialmente físicos-médicos, e conta com o aval Associação Brasileira de Física Médica (ABFM) e da Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear e da Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear (SBMN).


Serviço

1º Curso Intensivo em Aceitação e Controle de Qualidade em PET-CT (De acordo com regulamentações CNEN e Anvisa)

Datas e horários:

23/9 (sábado), das 7h30 às 18h

24/9 (domingo), das 8h às 15h

Local: Hospital BP (Rua Maestro Cardim, 769 – Bela Vista)


Programação completa e inscrição, acesse: 1º Curso Intensivo em Aceitação e Controle de Qualidade em PET-CT


Confira a ultima edição da Newslab

Ginecologista orienta sobre a prevenção do câncer do colo do útero

Dia Mundial de Prevenção à doença reforça a necessidade do exame de diagnóstico em mulheres entre 25 e 64 anos O mês da mulher é

Leia mais

Cresce em 224% o número de casos de dengue no país

Os óbitos pela doença também aumentaram 67%, entre 30 de dezembro e 16 de março de 2019, em comparação ao mesmo período de 2018, sendo

Leia mais

Avaliação do Potencial das Formigas como Vetores Mecânicos de Bactéria em Ambiente Hospitalar

Artigo publicado originalmente na Newslab 112 Resumo As formigas estão intimamente ligadas ao ser humano e, apesar de algumas espécies não interferirem na economia humana,

Leia mais
Seções
Fechar Menu