fbpx

Utilização do cartão FTA para realização do teste de vínculo genético | Newslab 143

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A avaliação genética é um importante aliado na identificação e comprovação de possível vínculo entre indivíduos, permitindo afirmar com no mínimo, 99,99% o grau de parentesco entre eles.

A atenção em cada detalhe é fundamental para este teste que exige um resultado preciso, por isso o Diagnósticos do Brasil, dispõe de uma estrutura planejada para exames moleculares, o DB Molecular.

O processo de coleta e conservação das amostras é de extrema importância para o resultado final e a utilização do cartão FTA tem se mostrado a metodologia mais prática, eficaz, totalmente segura e menos invasiva para realização do exame.

O cartão FTA é um papel de filtro que preserva o DNA. Seu uso permite que as amostras sejam facilmente transportadas ou armazenadas em temperatura ambiente, ajudando a melhorar a qualidade e a agilidade no envio dos exames.

Realização do exame

A coleta é realizada na presença de todos os envolvidos, no cartão FTA, que deve ser acondicionado no kit personalizado fornecido pelo DB. As informações do kit devem ser preenchidas corretamente e após a coleta o mesmo é lacrado, sendo aberto somente na Unidade DB Molecular, onde o exame será realizado.

O cartão de FTA contendo a amostra de sangue ou saliva será utilizado diretamente na técnica STR-PCR por eletroforese capilar, com análise simultânea de 22 marcadores genéticos denominados STR (Short Tandem Repeats), aumentando o grau de confiabilidade dos resultados, que também são assegurados por processos padronizados e pela participação em Ensaio de Proficiência Clínico.

A coleta de sangue (de três a quatro gotas) é realizada com uma lanceta, e a coleta de saliva é totalmente indolor e simples, sendo a melhor opção para bebês e recém-nascidos.

O acesso ao resultado do laudo se dá por meio digital realizado através de um sistema de segurança que gera um token específico para cada laudo.


VANTAGENS DO USO DE CARTÕES FTA PARA O TESTE DE PATERNIDADE

RevistaMateria_Paternidade-02

  • Facilidade de coleta
  • Estocagem em temperatura ambiente por longos períodos
  • Inibição do crescimento vírus, fungos e bactérias
  • Facilidade no envio de amostras entre laboratórios
  • Praticidade na extração do DNA

DB – Diagnósticos do Brasil

Tel.: (41)3299-3400

www.diagnosticosdobrasil.com.br

[email protected]


 

Confira a ultima edição da Newslab

Estudo mostra que tratamento para câncer colorretal metastático com mutação BRAF resulta em sobrevida global média de 15,3 meses

Os resultados foram anunciados pela Pierre Fabre e Array BioPharma e observados no safety lead in do estudo fase 3 BEACON com a combinação de encorafenibe, binimetinibe

Leia mais

As 7 principais dúvidas sobre a Meningite Meningocócica

A meningite meningocócica é uma doença infecciosa grave que pode matar. A doença esteve em pauta recentemente e isso fez com que houvesse um aumento

Leia mais

Alteração em célula de defesa torna obesos e diabéticos mais suscetíveis a infecções

Estudo da USP publicado na Scientific Reports mostra que os neutrófilos desses indivíduos são menos eficazes no reconhecimento de bactérias e morrem mais facilmente Indivíduos obesos e

Leia mais

Março Marinho: São Paulo representa um terço dos novos casos esperados de câncer colorretal no país

Com 4 mil novos casos por ano, apenas na capital, São Paulo é o Estado que registra a maior prevalência de câncer colorretal (intestino grosso

Leia mais
Seções
Fechar Menu