fbpx

Sebia e Aimara assumem os clientes usuários do sistema Interlab – G26 | Newslab 143

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

A Sebia, multinacional francesa líder mundial no fornecimento de exames de eletroforese de proteína, incorporou a italiana Interlab, fabricante de reagentes e equipamentos para eletroforese, dentre os quais o sistema G26, consolidando-se ainda mais como líder neste segmento e ampliando seu portfólio de produtos.

“Esta aquisição foi importante, pois complementou nosso menu de eletroforese e imunofixação em gel. Agora podemos oferecer todo o menu automatizado em um único equipamento em linha com o interesse da Sebia em promover agilidade, melhora de processos e redução de custos ao nosso cliente final. Já temos a capacidade de realizar os testes de HbA1c e eletroforese em um único equipamento e agora complementamos a linha em gel”, destaca Robson Moraes, General Manager da Sebia Brasil.

“Toda a nossa rede de distribuidores já está preparada para manter a mesma excelência de suporte técnico, comercial e científico reconhecida no distribuidor Interlab anterior e, agora, agregada ao padrão Sebia. A migração dos clientes privados teve início em abril e dos clientes públicos ocorrerá conforme forem encerrando-se os contratos”, complementa o gestor.

A Aimara, distribuidora Sebia desde 2015 para o Estado de São Paulo, já conta com inventário e equipe treinada para prestar abastecimento e todo suporte necessário aos clientes Interlab, bem como para apresentar as novas tecnologias da Sebia.


Contato:

Site: www.aimara.com.br

Telefone: (19) 3238-9100


 

Confira a ultima edição da Newslab

Estudo mostra que tratamento para câncer colorretal metastático com mutação BRAF resulta em sobrevida global média de 15,3 meses

Os resultados foram anunciados pela Pierre Fabre e Array BioPharma e observados no safety lead in do estudo fase 3 BEACON com a combinação de encorafenibe, binimetinibe

Leia mais

As 7 principais dúvidas sobre a Meningite Meningocócica

A meningite meningocócica é uma doença infecciosa grave que pode matar. A doença esteve em pauta recentemente e isso fez com que houvesse um aumento

Leia mais

Alteração em célula de defesa torna obesos e diabéticos mais suscetíveis a infecções

Estudo da USP publicado na Scientific Reports mostra que os neutrófilos desses indivíduos são menos eficazes no reconhecimento de bactérias e morrem mais facilmente Indivíduos obesos e

Leia mais

Março Marinho: São Paulo representa um terço dos novos casos esperados de câncer colorretal no país

Com 4 mil novos casos por ano, apenas na capital, São Paulo é o Estado que registra a maior prevalência de câncer colorretal (intestino grosso

Leia mais
Seções
Fechar Menu