fbpx

Mais de meio milhão de pessoas já vacinadas na segunda fase da campanha contra febre amarela

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Ação tem como público-alvo moradores de 20 distritos de áreas prioritárias do município de São Paulo

O município de São Paulo vacinou até esta terça-feira (30) 583.355 pessoas na segunda etapa da campanha contra a febre amarela. Desse total, 564.467 foram doses fracionadas e outras 18.888 doses padrão, para casos específicos, como viajantes internacionais, crianças entre nove meses e dois anos e pessoas com condições clínicas especiais.

A nova fase da campanha começou na última quinta-feira (25) e está priorizando os moradores de 20 distritos da capital: Jabaquara, Cidade Ademar, Sacomã, Cursino, Cidade Líder, Cidade Tiradentes, Guaianases, Iguatemi, José Bonifácio, Parque do Carmo, São Mateus e São Rafael, Capão Redondo, Cidade Dutra, Grajaú, Jardim São Luís, Pedreira, Socorro, Campo Limpo e Vila Andrade. A meta é a imunização de 3,6 milhões de moradores nesta etapa.

A aplicação das vacinas acontece mediante a apresentação de senha, que é entregue em casa aos munícipes atendidos pelas equipes de Estratégias de Saúde da família (ESF) da Prefeitura ou então pode ser retirada nos demais postos. Cabe lembrar que a distribuição diária leva em conta a capacidade operacional de cada unidade de vacinação.

Cabe lembrar que os moradores de outras regiões da capital serão vacinados nas próximas fases da campanha. Outros distritos passarão a aplicar as doses nos próximos meses, levando-se em consideração a localização e sua proximidade com áreas de risco de contato com o vírus da febre amarela.


Postos para viajantes

Além da ação preventiva nestes 20 distritos, a pasta também disponibiliza a dose fracionada da vacina nas chamadas unidades de referência para viajantes em território nacional. O fracionamento da dose segue os padrões da Organização Mundial da Saúde (OMS) e tem a eficácia atestada por, no mínimo, oito anos.

Os viajantes para território nacional que precisam do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) devem procurar um dos sete postos que fazem a emissão do documento. Quatro deles são unidades municipais: UBS Jardim Edite (Itaim Bibi), UBS Jardim Miriam II (Cidade Ademar), UBS Vila Prel (Campo Limpo) e Hospitais Dia da Rede Hora Certa (Penha). Outros dois postos que emitem o certificado são CRIE Unifesp, CRIE HC FMUSP (Prédio dos Ambulatórios) e CRIE Emilio Ribas. Os endereços dos postos da segunda fase, das unidades para viajantes nacionais e internacionais estão disponíveis neste link: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/vigilancia_em_saude/doencas_e_agravos/index.php?p=248543


Imunização na capital

A campanha começou no município em setembro do ano passado no distrito Anhanguera, na região Norte. Em pouco mais de três meses, foram aplicadas 1.366.592 doses da vacina em toda a região.

Em dezembro, três distritos da zona Sul (Parelheiros, Marsilac e Jardim Angela), além de Capão Redondo e o distrito Raposo Tavares, na zona Oeste, entraram na campanha em caráter preventivo. Nesses locais, foram imunizadas 474.061 e 70.042, respectivamente. A primeira fase da campanha, encerrada em 24 de janeiro, imunizou 1.910.695 pessoas na capital no total.


 

Confira a ultima edição da Newslab

Seções

Desenvolvido por Izy.Digital

Av. 9 de julho, 3229 – Sl. 412 – Jardim Paulista – São Paulo – SP | Telefone: (11) 3900-2390

Fechar Menu