A MBiolog apresenta o Kit Elisa para detecção do vírus da Zika | Newslab 147

A febre do Zika Vírus é uma doença viral, transmitida por mosquitos, como Aedes aegypti. De forma geral possuí evolução benigna. Segundo a literatura, mais de 80% das pessoas infectadas não desenvolvem manifestações clínicas, porém quando presentes, a doença se caracteriza pelo surgimento do exantema maculopapular pruriginoso, febre intermitente, hiperemia conjuntival não purulenta e sem prurido, artralgia, mialgia e dor de cabeça e menos frequentemente, edema, dor de garganta, tosse, vômitos e haematospermia. No entanto, a artralgia pode persistir por aproximadamente um mês.

Existem várias evidências que relacionam o Vírus da Zika com casos de microcefalias. O Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC), em uma revisão de evidências já existentes concluiu que o vírus da Zika é o causador da microcefalia e outras perturbações neurológicas em recém-nascidos cuja mãe foi infectada pelo Vírus. Recentemente, foi observada uma possível correlação entre a infecção do vírus da Zika e a ocorrência de síndrome de Guillain-Barré (SGB) em locais com circulação simultânea do vírus da dengue, porém não confirmada a correlação.

O diagnóstico do Zika Vírus pode ser realizado por métodos de biologia molecular, através do isolamento do RNA Viral ou por métodos sorológicos, através de pesquisas de anticorpos (IgM ou IgG) específicos contra o vírus da Zika. O diagnóstico molecular deve ser realizado entre o 4 e 7 dias após a infecção e o diagnóstico sorológico após 4 dias de infecção.

A MBiolog disponibiliza ao mercado os Kits Elisa :

  • ALLSERUM ZIKA IgG  96T
  • ALLSERUM ZIKA IgM 96T

O único kit Elisa Zika produzindo no Brasil


MBIOLOG DIAGNÓSTICOS

www.mbiolog.com.br

[email protected]

Tel: +55 (31) 3507-0707

Confira a ultima edição da Newslab

Seções
Fechar Menu