fbpx

Novo Centro Clínico do UMC traz conceitos inovadores para Uberlândia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Um edifício com 9 pavimentos, 220 consultórios, 19 clínicas e uma Unidade Avançada de Diagnóstico por Imagem com o que há de mais moderno, seja em equipamentos quanto em tecnologias, integram esta exclusiva torre digital para saúde na região. Este é o novo Centro Clínico do UMC – Uberlândia Medical Center, que ganhou o nome do Dr. Adib Domingos Jatene e iniciou suas atividades na quarta-feira passada, 13 de março, integrando o complexo UMC que até o fim do ano chegará a 65 mil m2 de área construída e com a geração de 1.200 empregos diretos.

Em uma área de 21 mil m2 o Centro Clínico oferece o que há de mais moderno em tecnologia, possibilitando que os médicos, ao conectarem seus notebooks na rede já instalada, tenham acesso a ferramentas e serviços que otimizam seus atendimentos, inclusive com a telemedicina. Cada profissional trabalha com sua agenda integrada à do Complexo UMC, proporcionando um maior fluxo de pacientes através de encaminhamentos e indicações. Os consultórios são completos e prontos para uso 100% funcional, com mobiliário incluso. Os espaços para clínicas, com metragens de 100 a 400m2, podem ser personalizados de acordo com as necessidades e especialidades. Todos os espaços visam a praticidade para o médico, possibilitando que ele atua com medicina avançada, além de garantir conforto e comodidade aos pacientes.

UMC Imagens oferece equipamentos e tecnologias inéditas na região

A Unidade Avançada de Diagnóstico por Imagem do Centro Clínico traz equipamentos que são diferenciais, sendo alguns exclusivos na região, acompanhando tendências mundiais. Dentre as novidades estão:

  • Tomógrafo computadorizado multislice com 128 cortes, que usa tecnologia com precisão de 0,625mm, com excelente qualidade e redução da dose de radiação.
  • Ressonância Magnética 3.0 Tesla de última geração, com tecnologia, performance e qualidade, aliados ao conforto do paciente.
  • Densitometria Óssea com inovação tecnológica – TBS (Trabecular Bone Score), que é o método mais eficaz para diagnosticar a osteoporose em suas fases iniciais. Por meio dele é possível avaliar a densidade óssea e fazer diagnóstico e controle de tratamento. Este equipamento utiliza o software Trabecular Bone Score – TBS, que possibilita a identificação de risco para fraturas mesmo na ausência de osteoporose.
  • Avaliação da composição corporal, que permite a medida tanto da massa óssea quanto do conteúdo corporal de gordura e massa magra, com alta precisão.  A densitometria por DEXA do corpo inteiro é o único método que avalia diretamente todos os compartimentos corporais (massa óssea, massa muscular e água, massa gordurosa), sem inferir dados a partir da medida de apenas um compartimento.
  • Mamografia Digital, um recente avanço tecnológico que faz uso de um sistema de raios-x para examinar as mamas para detectar, de forma precoce, o câncer de mama nas mulheres que possuem ou não os sintomas da doença. A alta tecnologia deste mamógrafo possibilita uma compressão mais leve das mamas, quando comparada com os mamógrafos tradicionais, com alta resolução de imagens que se traduzem em diagnósticos mais precisos.

Centro Clínico integrado ao Ecossistema UMC

O Centro Clínico Dr. Adib Domingos Jatene está instalado no Complexo UMC, que é uma das mais completas infraestruturas do país na área de saúde. Até o final do ano serão 65 mil m2 de construção, totalmente integrada pelo Ecossistema UMC, que oferece: Hospital com estrutura, processos e indicadores internacionais; Eurolatino Medical Research: centro de pesquisa clínica, inspecionado pelo FDA; UMC Imagens: unidade avançada de diagnóstico por imagens; Portal de agendamento de consultas para os pacientes integrado à plataforma tecnológica UMC; Exames laboratoriais; Exames especializados; Pronto Atendimento 24h especializado em Cardiologia, Urologia e Ortopedia; Protocolo de suporte à emergência médica integrado entre o Centro Clínico, Pronto Atendimento e Unidade Hospitalar, além da Comunidade de Educação por meio da Faculdade UNA com cursos na área da saúde. O UMC estimula a pesquisa e promove o desenvolvimento cientifico, junto com centros de estudos internacionais.

Na parte de serviços, os médicos contam com: pool de secretárias; sistema integrado de telefonia avançada, com opção de chamadas por vídeo; sistemas de gestão de consultórios integrado ao Ecossistema UMC; internet nas áreas comuns e link para demais instalações;  profissionais de apoio treinados e especializados; portal web com uma série de funcionalidades para o médico e seus pacientes; ampla sala de espera; equipamentos de informática e banheiros exclusivos nos consultórios.

A infraestrutura dispõe de elevador exclusivo para os médicos, elevadores maca-passageiro para atendimento ao público e pacientes, além de estrutura de DML e expurgo por pavimento, assim como vestiários funcionais, copa e banheiros. Entre as facilities e comodidades estão a praça de alimentação, segurança, amplo auditório e estacionamento e alameda de serviços com previsão para farmácia, ótica, loja de produtos ortopédicos, cabeleireiro, agência bancária, escritório de operadora de saúde e outros.

O CEO do UMC, Dr. Roberto Botelho, destaca a importância deste momento para o setor de saúde. “Quando anunciamos a implantação do UMC em Uberlândia, dissemos que seriam investidos aproximadamente R$300 milhões para o desenvolvimento desse empreendimento que seria uma referência em saúde em todo o país. Estamos entregando mais uma etapa e cada vez mais oferecemos acesso a tecnologias de ponta e serviços globais, além de uma moderna e atualizada infraestrutura. Trouxemos para Uberlândia o que é referência internacional em tecnologia avançada, seguindo nosso conceito de qualidade, prestação de serviços voltados à saúde e educação, inseridos no ICH – Conferência Internacional de Harmonização, que consiste na padronização de todos os diagnósticos e tratamentos de pacientes, sejam eles do Brasil ou de qualquer outro país”, ressalta Dr. Roberto Botelho, um dos idealizadores do UMC. Ao lembrar como tudo começou, ele complementa: “Quando um grupo de médicos encarou este desafio, buscamos investidores que acreditaram no que defendíamos. A partir daí o que era sonho se tornou realidade, e vem muito mais por aí”, concluiu.

Nova obra em andamento

Além da entrega deste edifício, uma outra construção com nove pavimentos está em fase adiantada e irá receber a expansão da Unidade Hospitalar do UMC. Previsto para ser entregue no segundo semestre, o espaço receberá mais 190 apartamentos em cinco pavimentos dedicados a internação de pacientes, dois para UTIs, um para setores técnico operacionais, um para facilities e outros serviços, e na cobertura haverá uma área dedicada à reabilitação pós cirúrgicos, onde os pacientes poderão fazer caminhadas, por exemplo.

Confira a ultima edição da Newslab

Seções
Fechar Menu