Hospital de Amor lança campanha nacional de doação

Maior polo de tratamento oncológico gratuito da América Latina, o antigo Hospital de Câncer de Barretos possui no Brasil 11 hospitais fixos de prevenção, cinco unidades de tratamento e mais 18 unidades móveis, com 880 mil atendimentos por ano; em 2017, o déficit operacional foi R$ 292,7 milhões. A campanha “Caminhos de Amor” quer conscientizar a sociedade sobre a prática de doar

O Hospital de Amor (antigo Hospital de Câncer de Barretos), maior polo de tratamento oncológico gratuito da América Latina, lança a campanha nacional de captação de recursos “Caminhos de Amor”, criada pela agência WMcCANN. A data é marcada pelo Dia Mundial de Doar e também pelo Dia Nacional de Combate ao Câncer. A ação será realizada nas redes sociais e canais oficiais do Hospital de Amor até o dia 30 de dezembro. O foco principal é conscientizar a sociedade brasileira sobre a importância das doações para o funcionamento e manutenção dos 11 hospitais fixos de prevenção, cinco unidades de tratamento e mais 18 unidades móveis do Hospital de Amor. Outro objetivo da ação é incentivar que as doações de recursos ocorram por meio dos multicanais da instituição e que as renúncias fiscais no imposto de renda (de pessoas físicas e jurídicas) sejam consideradas como uma opção efetiva de doação. Na campanha “Caminhos de Amor” não existe um valor mínimo e nem máximo para a doação.

Parte das despesas do Hospital de Amor, incluindo cirurgias e salários dos profissionais é bancada pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Eventos e doações de empresas e pessoas são necessários para completar a renda. Em 2017, o déficit operacional foi R$ 292,7 milhões. “As doações são fundamentais para mantermos os nossos programas com excelência e continuar beneficiando milhares de pessoas”, afirma Henrique Moraes Prata, diretor de Responsabilidade Social do Hospital de Amor.

O Hospital de Amor registra cerca de 880 mil atendimentos por ano, 100% gratuitos. Por dia, seis mil pessoas passam pelas unidades. A entidade trabalha com um déficit operacional mensal acima de R$ 20 milhões.

Em 2017, a instituição atendeu 171.454 pacientes procedentes de 2.107 municípios de todos os estados do país – um recorde de cobertura. Foram realizadas 23.048 internações, 93.254 quimioterapias, 7 mil refeições servidas/dia. A entidade reúne 380 médicos e mais de 3.500 funcionários.

Caminhos de Amor

Conheça as várias formas para ajudar o Hospital de Amor a continuar salvando vidas.

Ligação telefônica – 0500

0500 504 1210 – para doar R$ 10,00

0500 504 1220 – para doar R$ 20,00

0500 504 1250 – para doar R$ 50,00

*0,39 – impostos por ligações de telefone fixo. *R$ 0,71 – impostos por ligações de celular. Essas doações não são dedutíveis do imposto de renda. As ligações não podem ser feitas de telefones pré-pagos (de crédito) e comerciais. Os números de 0500 funcionam de 01/12 a 30/12. Após esta data, você deve ligar para (17) 3321-6607.

Site

Na página hospitaldeamor.com.br as contribuições podem ser feitas por depósito bancário, boleto ou usando o cartão de crédito.

Incentivo fiscal

Através de renúncias fiscais, pessoas físicas e jurídicas podem destinar percentuais do imposto de renda para projetos de saúde, idosos, crianças, cultura e esporte.

Acesse: bit.do/incentivosfiscais

Confira a ultima edição da Newslab

Seções
Fechar Menu