fbpx

Zika pode afetar visão de bebês sem microcefalia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Achado deve alterar a atual recomendação do Ministério da Saúde de realizar exames oculares apenas em bebês com a malformação cerebral

Filhos de mães infectadas pelo vírus da zika durante a gestação podem desenvolver lesões oculares graves mesmo que não apresentem o quadro de microcefalia. A revelação, feita por um estudo do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) publicado no periódico científico Journal of the American Medical Association (Jama),deve alterar a atual recomendação do Ministério da Saúde de realizar exames oculares apenas em bebês com microcefalia, dispensando as demais crianças potencialmente expostas ao vírus no útero materno.

Pesquisadores da região Nordeste, a mais afetada pela zika, acompanharam 112 mulheres cujos exames haviam sido positivos para o vírus durante a gestação, sendo que 24 (21, 4%) crianças dessas mães apresentaram anormalidades oculares. Destas, 10 (41,7%) não tinham microcefalia e oito (33,3%) não tinham qualquer problema neurológico.

“Todas as crianças com exposição materna potencial ao vírus da zika, em qualquer período da gestação, deveriam ser submetidas a exames oculares independentemente da presença ou ausência de alterações no sistema nervoso central”, escrevem os autores.


Confira a pesquisa em: http://jamanetwork.com/journals/jamapediatrics/article-abstract/2636587


Fonte: http://sbmicrobiologia.org.br/zica-pode-afetar-visao-de-bebes-sem-microcefalia/


 

Confira a ultima edição da Newslab

Seções
Fechar Menu