fbpx

Um estudo sobre as patologias associadas ao diabete mellitus tipo 1

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Resumo: O diabete mellitus tipo 1 (DM1) é uma doença auto-imune que se caracteriza pela destruição das células beta-pancreáticas produtoras de insulina, apresentando níveis elevados de glicemia e distúrbios no metabolismo de carboidratos, gorduras e proteínas. Para desencadear o DM 1 é necessário ter a predisposição genética, sofrer influências do meio ambiente,a deficiência na suplementação de vitamina D e alguns alimentos (introdução precoce do leite de vaca ou tardia e abrupta de cereais). O DM1 responde por 5 a 10% dos casos de Hiperglicemia crônica, e os portadores dessa forma clínicos necessitam do uso de insulina exógena para sobreviver. É caracterizada clinicamente por poliúria, polidipsia, perda de peso, apesar da polifagia, hiperglicemia, glicosúria, acidose, cetose e, em casos mais graves, coma.

Abstract: The mellitus type 1 diabetes (T1D) is an autoimmune disease characterized by the destruction of pancreatic beta-cells producing insulin, with elevated glycemia levels and disorders in the metabolism of carbohydrates, fats and proteins. To trigger Type 1 Diabetes Mellitus is necessary to have a genetic predisposition to suffer from environmental influences, the deficiency in vitamin D supplementation and some foods (early introduction of cow’s milk or late and abrupt of cereals). DM1 answers for 5 to 10% of cases of diabetes mellitus, and carriers that require clinical form of use of exogenous insulin for survival. It is clinically characterized by polyuria, polydipsia, weight loss despite polyphagia, hyperglycemia, glycosuria, acidosis, ketosis, and in more severe cases, coma.

Autores: Cheila C. Vogt, Liana de Macedo Machado, Lucas de Oliveira Carvalho, Morgana Schmitt. Professor: Gustavo Muller Lara


Clique abaixo para acessar o artigo:

Confira a ultima edição da Newslab

Seções
Fechar Menu