fbpx

Hemocentro da Santa Casa de São Paulo precisa urgente de doadores de sangue

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O Hemocentro da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo faz alerta para população sobre a necessidade de receber doações de sangue, principalmente dos tipos O positivo e negativo.

A preocupação aumentou em virtude da queda no número de doações, cerca de 35% das pessoas param de doar nessa época do ano e, neste momento, os estoques dos sangues com fator RH positivo e negativo (A-, A+, O-, O+ e B-) estão em estado crítico.

De acordo com a Dra. Cárlei Heckert Godinho, responsável pelo Hemocentro, a queda nas doações de sangue estão afetando de forma dramática o atendimento das urgências no Pronto-socorro, Centro Cirúrgico e aos demais pacientes da instituição. “Necessitamos de doadores de sangue para suprir a demanda transfusional de adultos e crianças; além das urgências, atendemos pacientes clínicos e oncológicos”, acrescenta Dra Cárlei.

Segundo a médica, uma única doação de sangue pode ajudar a salvar várias vidas em diversas enfermidades e idades, uma vez que o sangue coletado é separado em diferentes hemocomponentes – concentrado de hemácias, plaquetas, plasma fresco congelado e crioprecipitado – e podem ser fracionados quando destinados a crianças.

Para doar sangue, é necessário:

  • apresentar documento oficial de identidade com foto (RG, carteira de trabalho, certificado de reservista ou carteira do conselho profissional).
  • estar bem de saúde, ter entre 16 a 69 anos e 11 meses de idade (os menores de idade somente com a autorização dos pais).
  • pesar no mínimo 50 kg;
  • vir alimentado, evitando apenas alimentos gordurosos nas últimas 4 horas de antecedem a doação;
  • ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;
    • Intervalo entre doações:
  • Mulheres: 3 meses, permitidas até 3 doações/ano
  • Homens: 2 meses, permitidas até 4 doações/ano

Sobre o Hemocentro da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo

O Hemocentro da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo é uma instituição privada e filantrópica, voltada para atividades da Medicina Transfusional, com o objetivo de fornecer sangue e componentes de acordo com a legislação vigente e padrões de qualidade. 

Iniciou suas atividades em 1943, e em 1980 passou a incorporar os mais modernos métodos da Medicina Transfusional, agregando novos conceitos e conhecimentos nas áreas de Hematologia e Hemoterapia.

Fornece hemocomponentes para o próprio Hospital Central da Santa Casa de São Paulo e outros hospitais externos, atendendo cerca de 5 mil transfusões ao mês.

O Hemocentro está localizado na Rua Marquês de Itu, 579, Vila Buarque e o contato

Confira a ultima edição da Newslab

Com foco na excelência em logística hospitalar, Bomi marca presença na Hospitalar 2019

A Bomi, multinacional italiana conhecida pela excelência em soluções logísticas altamente qualificadas e personalizadas, apresentou na Feira Hospitalar 2019, maior evento da área de saúde

Leia mais

Software desenvolvido pela Siemens Healthineers rastreia de risco fetal: inovações da Hospitalar 2019

Em sua 26ª edição, a HOSPITALAR 2019, um dos principais eventos de negócios e inovações tecnológicas para a área médica, tanto no mercado nacional como

Leia mais

O controle da temperatura e umidade do ambiente hospitalar é crucial: conheça as soluções da Thermomatic

Uma das questões que mais preocupam autoridades dos setores de saúde, com certeza é a infecção hospitalar.  Estima-se que no Brasil esse problema atinja 10%

Leia mais

Solução para monitoramento de sinais vitais da Philips é capaz precocemente rápido alterações clínicas graves

No estande da Philips na Feira Hospitalar de 2019, a marca deixou claro que não há limites entre saúde, qualidade e tecnologia. Com um olhar

Leia mais
Seções
Fechar Menu