Página Inicial » Educação Continuada » Pesquisa científica: conheça os tipos mais importantes no ramo da saúde

Pesquisa científica: conheça os tipos mais importantes no ramo da saúde

Pesquisa científica e tecnológica é a fonte de informação, estudos e desenvolvimento social como um todo mais relevantes do mundo moderno. Você conhece os tipos de pesquisas científicas e suas variações?

Você pode não saber, mas na área da saúde, a importância das pesquisas é ainda maior. 

Hoje, nós da Newslab, separamos um conteúdo incrível para você entender melhor sobre esse universo.

Embora o foco principal do nosso conteúdo seja a pesquisas do tipo científica e na área da saúde, algumas informações apresentadas adiante são de noção geral, mas sempre com o paralelo nos estudo voltados à saúde, ok?

Ficou interessado? Então é hora de falarmos do que realmente interessa. Vamos lá!

  • Quais as principais funções das pesquisas científicas?
  • Os principais e mais importantes tipos de pesquisas
  • Os impactos da pesquisa científica na educação e da saúde
  • Onde uma pesquisa do tipo científica pode ser publicada?
  • Conheça a Newslab

Quais as principais funções das pesquisas científicas?

De maneira bem simples e objetiva, a pesquisa do tipo científica tem como função, colher dados a partir de métodos definidos por cada estudo, a fim de tornar os estudos e levantamentos passíveis de resultados importantes. 

Esses resultados, por sua vez, podem determinar as condutas seguintes e que também dependem do tipo de pesquisa.

No caso dos estudos científicos na área da saúde, a criação de novas vacinas, medicamentos ou tratamentos, por exemplo.

Os principais e mais importantes tipos de pesquisas

Apesar das inúmeras formas de se realizar uma pesquisa de cunho científico, as que visam a publicação de artigos são as mais convencionais, pois o objetivo é a sua publicação para que outras pessoas tenham acesso. 

A pesquisa, portanto, tem como maior função iniciar um estudo de grande relevância para a comunidade, através de processos metodológicos práticos de caráter investigativo, para obter uma conclusão.

Sem dúvida alguma, a pesquisa científica artigo investigativa é a mais recorrente entre a comunidade científica, isto é, estudantes e profissionais pesquisadores, mas o método não é o único. 

Além dos estudos científicos investigativos, há ainda a pesquisa científica artigo que levanta teses sobre um assunto já existente, geralmente com o objetivo de refutá-lo e apresentar um contraponto com base em outros dados e estudos científicos. 

Tanto a pesquisa científica artigo que dá início a um novo estudo quanto a científica que tem finalidade de produzir resultados diferentes, são extremamente recorrentes na área da saúde. 

Aliás, é possível afirmar que a comunidade científica das áreas da saúde é a maior e mais ativa em pesquisas e estudos de ambos os gêneros, uma vez que os seus resultados influenciam diretamente no mundo inteiro. 

Os impactos da pesquisa científica na educação e da saúde

A pesquisa científica bibliográfica é um dos mais importantes alicerces dos dois tipos de estudo científicos apontados anteriormente, pois sua referência para início dos estudos é a literatura. 

Com isso, a pesquisa científica bibliográfica é muito utilizada nos centros acadêmicos de ensino superior, tanto em graduações e em títulos para a especialização. 

Aliás, para a obtenção de títulos acadêmicos na área da saúde, por exemplo, a pesquisa na educação é obrigatória, pois o estudante é estimulado a criar uma tese sobre determinado assunto. 

Nesses casos, a pesquisa bibliográfica é a mais segura, uma vez que tem como ponto de partida os conceitos e estudos da doutrina literária, que podem ser refutados ou aperfeiçoados.

Não podemos esquecer também a pesquisa científica experimental que, assim como a pesquisa científica bibliográfica, pode ser realizada através dos tipos de iniciação científica ou com o objetivo de refutar teses existentes. 

Contudo, a pesquisa científica artigo é vista pela comunidade científica com mais prestígio, pois a sua contribuição é ainda maior para os estudiosos, as empresas e a sociedade como um todo.

A pesquisa experimental seleciona um objeto de estudo e define todas as variáveis capazes de influenciá-lo e como resultado, manter todas as variáveis sob o controle e observação para analisar cada um dos efeitos.

Em outras palavras, a pesquisa científica experimental é o método científico que em essência realiza procedimentos práticos de análise e monitoramento. Na área da saúde, os impactos desse tipo de pesquisa científica experimental são imensuráveis.

Na área da saúde

Evidentemente, os procedimentos da pesquisa científica experimental são as mais relevantes na área da saúde, uma vez que, com base nos estudos e experimentos, são produzidos medicamentos e vacinas, por exemplo.

No entanto, outros métodos de estudo, como a pesquisa científica bibliográfica, pode influenciar da mesma maneira que as experiência realizadas em laboratórios profissionais e acadêmicos.

Outro ponto interessante é a integração entre a pesquisa científica e tecnológica, que juntas são capazes de garantir resultados mais precisos, confiáveis e ágeis, especialmente em momentos e demandas delicadas ou urgentes. 

A título de exemplo, podemos mencionar a recente propagação da COVID-19, que exige um grande esforço da comunidade científica mundial para a realização de pesquisa científica e tecnológica inovadora para a vacina contra o vírus.

Não menos importante, a pesquisa científica na educação, ou seja, nos centros acadêmicos, ainda que realizada para fins de estudo e apresentação de tese, também pode influenciar em outras camadas da sociedade. 

Afinal, nos casos em que uma pesquisa na educação se apresenta inovadora e relevante para a sociedade, a aplicação do método científico de maneira prática é uma questão de tempo que depende apenas de outras validações.

Onde uma pesquisa do tipo científica pode ser publicada?

Embora pareça óbvio, nunca é demais destacar a importância dos editoriais científicos para a comunidade da saúde. 

Isto é, as pesquisas científicas devem ser publicadas em revistas específicas.

Existem inúmeros motivos que justificam a importância de publicação de estudos e pesquisas científicas em revistas especializadas, mas separados os mais principais. 

Acompanhe: 

  • Nos periódicos, os artigos ganham mais força e notoriedade;
  • Melhor fonte de pesquisa e informação para interessados nos temas abordados, sejam leitores da comunidade científica ou não;
  • Proteção contra plágio, o que é de suma importância para qualquer pesquisador científico, sobretudo da saúde.

Conseguiu ver a importância de usar uma revista especializada para publicar estudos e pesquisas? Então conheça um pouco sobre a Newslab!

Conheça a Newslab

A Newslab é uma revista focada na publicação de artigos científicos do ramo da saúde.

Trabalhamos com edições semestrais para atender os diferentes objetivos da comunidade acadêmica, científica e a sociedade no geral.

Portanto, se você quer publicar um artigo ou pesquisa científica, procure hoje mesmo a nossa equipe e tenha um atendimento incrível aqui na Newslab.

Entre em contato conosco e descubra todos os detalhes adicionais sobre a publicação de artigos para as áreas biológicas, hematologia, genética, virologia e correlatas. 

Preencha o formulário e em breve retornaremos seu contato

Deixe um comentário

Open chat
Oi, tudo bem? Como posso te ajudar? :)
Oi, tudo bem?
Como posso te ajudar? :)