fbpx

Radar Científico: nível socioeconômico de diabéticos em centro de atendimento no sertão nordestino

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

ARTIGO: Conhecimento e nível socioeconômico de pacientes diabéticos de um centro de atendimento ao diabético e hipertenso do sertão nordestino brasileiro

Marcus Vinicius Cardoso Matos Silva, Carlos Danilo Cardoso Matos Silva; Caroly de Brito Correia; Ingrid Carvalho Assunção; Laíza Dias Silva; André Ricardo da Luz Almeida.

RESUMO

O Diabetes mellitus (DM) é uma doença metabólica caracterizada por um aumento significativo da glicose no sangue, apresenta-se em pessoas que possui um déficit de insulina no sangue ou dificuldade de absorção do organismo. O DM também precisa ser tratado no cotidiano, tornando necessário o conhecimento dos pacientes e familiares quanto a todos os pontos, sendo eles positivos ou negativos da doença, visto que o nível social pode influenciar na qualidade de vida de um paciente com DM. O objetivo do estudo é analisar a relação entre o nível socioeconômico e o conhecimento sobre a doença dos pacientes diabéticos do Centro de Atendimento ao Diabético e Hipertenso (CADH) de Feira de Santana, Bahia, visando descrever a importância do acompanhamento aos pacientes, pesquisar a condição socioeconômica dos mesmos, e compará-la ao conhecimento de cada um sobre a doença. A amostra foi constituída por 30 diabéticos que atenderam aos critérios de seleção. Para coleta de dados foi utilizado um questionário de conhecimento (DKN-A) e um questionário socioeconômico. O estudo demonstrou que dentre os pacientes que não possuem conhecimento do diabetes 72,73% era do sexo feminino e 27,27% do sexo masculino, os que demonstraram melhor conhecimento, 87,5% eram do sexo feminino e 12,5% do sexo masculino. A condição socioeconômica interfere significativamente nessa realidade, pois a desigualdade na distribuição de recursos nos diferentes grupos sociais influencia na compreensão da origem de complicações referentes à alimentação, saúde, doença e aos seus desdobramentos.

Palavras-chave: Diabetes mellitus; Conhecimento; Classe social.

Para ler o artigo completo, acesse a revista aqui!

Confira a ultima edição da Newslab

Seções
Fechar Menu